Devo te esperar, ou te esquecer?


Devo te esperar ou te esquecer - Blog da lira (3)Os dias têm passado depressa. Lentamente, caminho sobre cada um deles. Às vezes, debruço. Aprendi a lidar com a falta, com a inquietude, com minha própria e momentânea solidão. Aprendi a aquietar. E por mais conturbado que estejam sendo os meus dias, permaneço firme em meus propósitos. E assim, sigo meu próprio fluxo. Sempre certa de que o essencial não é estar a frente do tempo, contra o tempo, mas em carregar a certeza que tudo acontece em seu próprio tempo.

Isso soa tão bem resolvido em minhas palavras. Daí vem você e muda todas as minhas certezas de lugar.

Meu eu diz com clareza: “esquece isso. Você já perdeu tempo demais. Isso não vai dar em absolutamente nada. Enquanto você está aí, parado, tudo vai continuar estagnado. Segue em frente”. Doutro lado, entrelinhas, você diz: “espere por mim, estou chegando!”.

Chegando onde, se há sempre você em algum lugar. Há sempre você aqui; seu sorriso, sua calma, sua paz; em cada canto do meu canto, tem você. E mesmo você preenchendo cada pequeno espaço. Sobra a falta.

Onde você está?

Onde você está quando a chuva cai sobre meu rosto? Onde você está quando o mar se agita? Onde você está quando todas as minhas certezas e virtudes se dissipam bem diante dos meus pequenos olhos? Onde você está com toda sua performance no espetáculo da minha vida? Onde você está para trazer sentido ao meu romance?

Será que você não entende que seu sumiço repentino, já não faz mais sentido algum quando se promete a presença? Você não entende que a espera realmente acontece, quando você promete voltar? Você não compreende que um grande espaço vazio se abre quando  você em algum momento o ocupa? Você não enxerga que não há “nós” se for apenas eu? Você não compreende que não há “caminhar juntos” quando só um está disposto a andar para frente?

Enquanto você diz “me espera”, meu interior grita: “siga em frente”.  Será que é só você que não compreende?

Honestamente, eu não sei.

Devo te esperar ou te esquecer?

me perdoe pelo excesso de perguntas. é que honestamente? me sinto confusa.
é isso que esse caso me causa.

Happiness depends upon ourselves.

Texto inspirado em histórias que não foram contadas, mas vividas.

Anúncios

Um comentário em “Devo te esperar, ou te esquecer?

Olá! Seu comentário passará por aprovação. Se seguir nossos procedimentos, ele estará disponível em algumas horas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s