Uruguai: Onde ficar hospedado em Montevidéu? Tour pela hospegem


Você tem dúvidas sobre onde se hospedar em sua viagem para Montevideo? Então, essa postagem é para você. Contei um pouco sobre o bairro escolhido e compartilhei o tour pela casa escolhida. De quebra, te deixo um desconto especial para sua primeira hospedagem na plataforma Airbnb.

Se você ainda não viu a primeira postagem sobre minha viagem ao Uruguai, é só clicar nos links abaixo de acordo com seu interesse:

Meu formato aqui no blog, você já conhece; organizo tudo por tópico, para que sua leitura seja prática e muito proveitosa. Então, vamos ao índice sobre essa postagem:

  • Qual bairro escolher para hospedagem em Montevidéu?
  • Mapas dos bairros sugeridos em Montevidéu
  • Como faço para me hospedar através da Airbnb?
  • Tour e observações sobre a hospedagem escolhida
  • Algumas observações importantes

Cursos Online na Área de Turismo e Hotelaria

Qual bairro escolher para me hospedar em Montevidéu?

Vamos lá! A escolha do bairro dependerá muito do seu perfil viajante e da época em que estará fazendo sua viagem. Escolhi ir à Montevidéu em meu aniversário.  Inverno. Dias nublados, com temperaturas baixíssimas e muita chuva. Minha mãe e eu, fomos preparadas para exatamente esse clima.

Mas antes, um conselho.

Sempre digo em minhas postagens sobre viagens: apesar de gostar de caminhar pelos bairros, meu estilo de viagem é muito mais slow. Não gosto de tours apressados, de apenas passar pelos locais e dizer que estive ali. Confesso que, quase sempre, prefiro não ir do que passar com pressa. Foi o caso da Casa Rosada e o bairro La Boca na Argentina; todo mundo tem uma foto por lá. Menos eu. Porque eu preferi caminhar lentamente por Puerto Madero, do que fazer uma foto com pressa na Casa Rosada.

Então, se pudesse dar um conselho a quem está iniciando a vida como viajante seria este:

uma viagem maravilhosa, não é sobre quantos lugares você fez check-in em cinco dias ou em trinta. Mas é sobre as experiências que viveu e sobre o quanto aprendeu a partir de uma verdadeira observação e presença, sejam em três dias ou seis meses.

É e sempre será sobre a qualidade e não sobre a quantidade. Tira o foco sobre os carimbos no passaporte, check-ins nos aeroportos, fotos em pontos turísticos e quilometragem percorrida. Foca nos relacionamentos que construiu com os nativos durante a viagem. Foca na cultura, na gastronomia, no costume que você ainda não conhecia. Foca na história, na linha do tempo do lugar. Foca no detalhe. Observe os aromas, os odores, as grandes estruturas, as pequenas rachaduras, os letreiros, as quase imperceptíveis placas, o cheiro do café, o cheiro do perfume, a dança, a maneira como as pessoas se tratam… Esteja presente em suas viagens. Aprenda a fazer um prato típico. Aprenda palavras ou gírias novas. Ouça música local. Tente dançar a dança local. Prove vinhos, chás, chocolates, cervejas, temperos… Esteja presente! Porque em nada adianta dar a volta ao mundo e só trazer carimbos, chaveiros e imãs na bagagem.


🎁 Quer ganhar R$130,00 de créditos no aplicativo Airbnb ao hospedar-se?
É só inscrever-se clicando nesse link.


Quando você passa a viajar com muita frequência, você vai tomar consciência de que a jornada é -de fato- muito mais valiosa do que a velocidade da caminhada. E sim, você aprenderá muito. Pelo menos, foi assim comigo.

Continuando…

Se você pretende fazer a maior parte dos roteiros a pés, com sua mochila nas costas, sem precisar pegar muitos ônibus ou sem a necessidade de um carro, recomendo que fique na Cidade Velha. Desse modo, você estará próximo aos principais monumentos, museus e marcos da história de Montevidéu. Na Cidade Velha, está a Plaza Independencia, o Mausoleo General Artigas, Puerta de La Ciudadela, Museo Torres Garcia, Plaza de La Constituicion, Catedral Metropolitana de Montevideo, Plaza Zabala, Mercado Del Puerto, Al Pie de La Muralla, Museo de La Casa de Gobierno e o famoso Teatro Solís. Vale considerar que Montevidéu por si só, já é bem tranquila e segura. Mas, como todo centro histórico, vale tomar bastante cuidado.

Talvez, numa próxima visita ao Uruguai:

Para uma experiência bem mais slow e um tanto sofisticada, pode ser interessante ficar hospedado em Punta Gorda. O bairro fica um pouco mais afastado do centro, mas é um bairro formado por quatro praias: La Mulata, Verde, Los Ingleses e Honda. Por lá, é possível ver muitos veleiros e seus praticantes. Isso porque durante todo o ano, a Playa Verde abriga o Clube Náutico. Por lá, também, há um mirante que possibilita uma visão panorâmica de Punta Gorda. Pelo o que observei, o bairro é tranquilo, muito seguro e com opções de experiências e atividades bem exclusivas. Vale a pena dar uma pesquisada, se você estiver buscando experiências mais sofisticadas.

O bairro que escolhi:

Outro ponto que considerei interessante para se hospedar durante uma viagem à Montevidéu (que foi a minha escolha), foi o bairro de Punta Carretas. Fui bem sucedida na escolha, porque além de ser um bairro costeiro (está bem pertinho do farol de Punta Brava), pertinho da orla, é um bairro nobre, com bons restaurantes e cafés, além de centros comerciais (lojas e shoppings) bem interessantes – se você for, claro, o tipo que faz compras quando está fora do país. É bastante acessível aos principais pontos da cidade. E ainda que não seja, tem fácil conexão com todos eles. E uma das coisas que mais observei e gostei em Punta Carretas, além da segurança e limpeza, foi o design que faz uma linda mistura entre o medieval e o modernista. Essas coisas, fazem toda diferença.

Como o Airbnb funciona?

Começo essa parte da postagem dizendo que sou usuária do Airbnb há muitos anos. Além de me hospedar através do aplicativo, sou anfitriã. Ou seja: também hospedo pessoas de todo o mundo em meus apartamentos. Então, falo com bastante segurança sobre a plataforma e aplicativo. 

Observei que -apesar da popularização da plataforma- há muitas pessoas que ainda têm dúvida sobre como Airbnb funciona. Então, resolvi trazer nessa postagem, uma explicação bem objetiva, oferecida no SAC da própria plataforma e aplicativo. Mas se acharem necessário, me sinalizem, caso queiram uma postagem ou vídeo específico sobre o assunto.

Uma comunidade Baseada no Compartilhamento

O Airbnb começou em 2008, quando dois designers que tinham um espaço sobrando hospedaram três viajantes que procuravam um lugar para ficar. Agora, milhões de anfitriões e viajantes optam por criar uma conta gratuita no Airbnb para que possam anunciar seu espaço e reservar acomodações únicas em qualquer lugar do mundo. Além disso, os anfitriões de experiências do Airbnb compartilham suas paixões e interesses com viajantes e moradores locais.

Uma comunidade segura e confiável

O Airbnb ajuda a tornar o compartilhamento fácil, agradável e seguro. Verificamos perfis pessoais e anúncios, mantemos um sistema de mensagens inteligente para que anfitriões e hóspedes possam se comunicar com segurança e gerenciamos uma plataforma confiável para recolher e transferir pagamentos.

Atendimento 24 horas, 7 dias por semana

A equipe de atendimento à comunidade global está disponível 24 horas, 7 dias por semana, em 11 idiomas diferentes para ajudar você a descomplicar processos como remarcação de reservas, reembolsos, estornos, nossa Garantia ao Anfitrião de US$ 1 milhão e programas de seguro para acomodações e experiências.

Entre em contato com a Airbnb para tirar suas dúvidas.


🎁 Quer ganhar R$130,00 de créditos na plataforma Airbnb ao hospedar-se?
É só inscrever-se clicando nesse link.


Tour e Observações sobre a Hospedagem Escolhida

Confesso que nessa hospedagem e em minha segunda viagem à Buenos Aires, fui vencida pela pressa e acabei não fazendo a melhor escolha. Bem, vou explicar melhor.

Em Buenos Aires, optamos por um apartamento num prédio antigo, bem no centro histórico da cidade, em época de reunião do G20. Como estávamos em duas mulheres, acabou sendo inviável passarmos nossa estádia ali. Passamos certo sufoco com nosso anfitrião. Minha companheira de viagem e cunhada (Luana Anttoni) teve uma crise de pânico, mas o Airbnb nos deu todo suporte necessário e nos colocou no hotel Ibis até que encontrássemos a hospedagem ideal. Inclusive, falei sobre a nossa hospedagem em Belgrano durante essa viagem a Buenos Aires. Que foi uma experiência maravilhosa se comparada a mencionada há pouco.

Leia também: Hospedagem em Buenos Aires – Tour pelo Apartamento

A Hospedagem em Montevidéu foi bem tranquila. O bairro é ÓTIMO! Os vizinhos são muito gentis, o apartamento tem uma decoração muito fofa. Muito mesmo! Tenho minhas desconfianças que a anfitriã é blogueira inclusive (risos). Ótimas referências por todo o apartamento, que na verdade, é uma casinha. O atendimento da anfitriã é muito acolhedor. O sogro dela, que nos recebeu em Montevidéu (ela não estava no país) também foi muito simpático.

O único problema, realmente, foi a limpeza. Achei que deixou bastante a desejar. Mas vale dizer que tanto eu quanto minha companheira de viagem (minha mãe) somos MUITO exigentes com relação a limpeza e somos um pouco enjoadas com relação a comodidade e conforto. Por isso, acabei achando que fui um pouco infeliz na escolha. Porém, enviei o feedback à Maria Valentina que prontamente me atendeu e fez questão de fazer o ressarcimento de R$57,58 referente a limpeza. Não achei que ela devia ter feito isso. Mas isso também está dentro de um padrão comportamental de anfitriões da Airbnb. Fiz fotografias de tudo o que não estava tão legal. E ela foi bastante receptiva. E como eles são superhost (ótimas avaliações), não esperava menos que um atendimento excelente.

🎁 Quer ganhar R$130,00 de créditos na plataforma Airbnb ao hospedar-se?
É só inscrever-se clicando nesse link.


Fiz um vídeo da hospedagem. E bem, sei que perguntarão: foram 3 noites nessa hospedagem. Paguei com cartão de crédito pela plataforma. O valor total ficou em R$442,45. Ou seja: R$147,48 (diária para duas pessoas).

Há sim outras opções bem legais na Airbnb com valores e em condições bem melhores. Fiz essa postagem com bastante tempo. Por isso, fiz questão de separar três opções com valores similares. Se liga:

Opção 1: minha primeira opção durante a viagem. Mas infelizmente, estava locada durante minha passagem pela cidade. É muito bem decorado, parece ser bem limpo e bem equipado. 

Opção 2: pequena, aconchegante, ideal para um casal. Bem equipada e com ótimo custo-benefício.

Opção 3: Ideal para casal, essa hospedagem fica no bairro “Pocitos”. Não é um bairro ruim, certamente. 

Algumas informações importantes:

  • A localização é muito boa. Além de estar em um dos bairros mais bonitos de Montevidéu, é bastante seguro, limpo e acessível a todos os demais pontos da cidade. Estava a poucos passos do Shopping Punta Carretas (que inclusive, carrega uma história bem atípica, pois até pouco tempo, era uma prisão).
  • Utilizei UBER durante toda a minha estadia por Santiago. Muito seguro. Não tivemos nem um só problema. Com UBER no Uruguai, gastei em torno de R$150 (cento e cinquenta reais). Como estava chuvoso (fui em Junho), andamos pouquíssimo a pés.
  • O aplicativo que utilizei para pedir comida durante a viagem, foi o “Pedidos ya”. Funcionou super bem também. Também disponho cupom no final da postagem.
  • Existem várias linhas de ônibus em Montevidéu. Funcionam muito bem. São um pouco velhos, se comparados aos ônibus que temos em São Paulo. Mas em todos os dias e horários, custam em torno de $50 (pesos uruguaios).
  • Não há linhas de trem e metro em funcionamento em Montevidéu.

Espero muito que essa postagem tenha sido bastante útil. Qualquer dúvida, é só me deixar por comentário ou e-mail.

Anúncios

2 comentários em “Uruguai: Onde ficar hospedado em Montevidéu? Tour pela hospegem

Adicione o seu

Olá! Seu comentário passará por aprovação. Se seguir nossos procedimentos, ele estará disponível em algumas horas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: