Retiro Zen em São Paulo – Chakra do Coração

Retiro Zen em São Paulo – Chakra do Coração

Por Thaís Lira

Está buscando um lugar zen em São Paulo, para uma verdadeira imersão de conexão com a natureza? Então, você vai adorar conhecer o Chakra do Coração. Continue lendo o artigo, e encante-se junto comigo.

Continue lendo “Retiro Zen em São Paulo – Chakra do Coração”

Anúncios

#DeliraNaCozinha | Receita de Crepioca

DELIRA NA COZINHA - CREPIOCA - CAPA - BLOG PONTO DA LIRA

Estou longe de ser uma master chef na cozinha. Mas me arrisco bastante. Sou ótima com doces e massas. E apesar disso, tenho “apanhado” um pouco na cozinha, por que estou tentando adquirir uma alimentação um pouco mais equilibrada e saudável. Inclusive, em breve terei umas novidades bem legais sobre isso aqui no blog. Não é tão simples. Mas, fazendo as compras corretas, é possível diversificar bastante o cardápio.

Hoje, por exemplo, trago uma receita que já está bem conhecida por todas as pessoas que praticam a boa alimentação. A crepioca, tem sido uma substituta para quem está reeducando sua alimentação, mas está um pouco enjoado da tapioca tradicional. A crepioca é uma mistura de crepe com tapioca. É bem simples de fazer. E você pode fazer uma receitinha do seu jeitinho. Hoje, trouxe uma de minhas receitinhas de crepioca predileta. Espero que gostem.


Para esse prato, você vai precisar de:

  • 2 ovos
  • 2 colheres de sopa de massa fresca de tapioca
  • Uma folha de acelga
  • 5 rodelas de cenoura
  • Palmito cortado em cubinhos
  • Uma pitada de queijo parmesão ralado
  • Uma rodela de tomate
  • Uma pitada de orégano
  • Uma pitada de salsa
  • Uma pitada

CREPIOCA - DELIRA NA COZINHA - BLOG PONTO DA LIRA - COMO FAZER CREPIOCA

Modo de preparo:

  1. Em um recipiente adicione os ovos. Mexa-os, até que a clara e neve estejam bem misturadas e que o cheiro esteja mais ameno.
  2. Adicione as duas colheres de sopa de massa fresca de tapioca. Mexa bastante, até que os ovos e a massa se misturem completamente.
  3. Em uma frigideira antiaderente pré-aquecida, coloque a mistura que preparou anteriormente.
  4. Adicione a cenoura, palmito, acelga e tomate.
  5. Aguarde pelo menos um minutinho, antes de adicionar os temperos.

Prontinho! Agora, é só trabalhar com sua receita, como se ela fosse um omelete. Ou seja: Quando um lado ficar douradinho, você inverte a ordem. Super fácil, não é mesmo? Além disso, é super saudável, e fica muito saboroso. Bom apetite!

Espero que tenham gostado. Se fizerem a receitam, não se esqueçam de me contar o que acharam, ein?! Gratidão.

Bisou! ❤


assinatura-blog-ponto-da-lira

Saúde e Bem estar: Tive insolação, e agora?

TIVE INSOLAÇÃO E AGORA

Bonjour!

A 1ª vez que tive insolação, foi há muitos anos atrás, por volta dos meus 13 anos de idade, após ficar horas submetida ao sol e água salgada do mar. Tive que voltar pra casa as pressas, pois estava tendo grau altíssimo de febre, vomitando, e com diarreia. Pobrezinha. Quase morri. Mas tô aqui, vivinha da Silva.  Desde então, minha pele ficou bastante alterada. Muito mais sensível. Sem contar que, fiquei bastante receosa de ficar muito tempo sob o sol. O lado bom desse ocorrido, foi que passei a usar protetor solar regularmente, todos os dias. E apesar de todo esse cuidado, fui pega de surpresa no passeio que fiz ao Pico do Urubutive insolação e agora 01Fazia muito tempo que não ficava sob o calor com nível tão alto. Achei que usar filtro solar com proteção 60, seria suficiente. E não foi. Tive uma nova insolação. Dessa vez, mais amena. Minha pele ficou avermelhada, dolorida, inchada. Tive febre apenas na noite do passeio. Tomei muitos cuidados, e minha recuperação está sendo muito boa.

Resolvi compartilhar minha experiência com vocês, pra precavê-los desses imprevistos. Espero que seja útil.
tive insolação e agora 02

De acordo com a dermatologista Mônica Carvalho, insolação é o termo que as pessoas usam quando sofrem uma queimadura solar mais grave e, eventualmente, até uma desidratação. Bolhas, inchaço, febre, dores no corpo e náuseas são os sintomas de que houve negligência quanto ao sol. “Quem passa por um quadro deste precisa ficar longe da praia e da piscina por, pelo menos, uma semana”, afirma a médica. (Fonte: Minha vida)

Sintomas da insolação:

  • Febre, com temperatura corporal igual ou superior a 39ºC;
  • Pele muito avermelhada, quente e seca;
  • Dor de cabeça;
  • Aumento dos batimentos do coração e respiração rápida;
  • Sede, boca seca e olhos secos, sem brilho;
  • Enjoos, vômitos e diarreia;
  • Alterações da consciência como não saber onde se está, quem é ou que dia é, por exemplo.

A insolação é grave, especialmente em idosos e crianças, pois nestas idades, o corpo tem mais dificuldade em lidar com as mudanças da temperatura, o que pode provocar desidratação e, em casos mais graves, convulsões e danos cerebrais irreversíveis que podem levar à morte. Além disso, a insolação pode mesmo causar problemas mais graves para a saúde como aumento das chances de ter queimaduras de 2º ou 3º ou convulsões. (Fonte: Tua Saude)

tive insolação e agora 03

O que fazer em caso de insolação (emergência/primeiros socorros):

Ligue para um serviço de emergência. Dependendo dos sintomas e do estado do indivíduo, a melhor opção pode ser ligar para o 192 (SAMU). Preste atenção às manifestações da insolação, pois quanto mais demorar para tratá-la, mais sintomas graves podem aparecer, como dano ao cérebro, que causa ansiedade, confusão, convulsões, dor de cabeça, tonturas, alucinações, problemas de coordenação, perda de consciência e inquietação.

  • Levar a vítima para um local arejado e com sombra, se possível com ventilador ou ar condicionado;
  • Colocar a vítima deitada ou sentada;
  • Aplicar compressas frias sobre o corpo, mas evitar o uso de água gelada;
  • Oferecer líquidos para a vítima beber em abundância, evitando bebidas alcoólicas, café e refrigerantes tipo cola;
  • Vigiar o estado de consciência da vítima, perguntando seu nome, idade, dia atual da semana, por exemplo. (Fonte: Tua Saúde)

TIVE INSOLAÇÃO E AGORA 04

O que fazer durante o período de insolação (tratamento/recuperação):

  • Consuma muito líquido; sucos naturais, Gatorades, água de coco, chás gelados, e principalmente: Muita água potável.
  • Faça compressas com água fria. As compressas servem para baixar a temperatura corporal.
  • Evite locais muito secos ou quentes. Opte por locais fresquinhos e com bastante sombra. Não há problema algum no uso de ventiladores, para evitar que fique com febre.
  • Fique de repouso. A insolação tende a deixar o corpo fragilizado. Por isso, descanse o máximo que puder.
  • Continue usando filtro solar. Não é por que está na sombra, que vai dispensar o protetor solar. Seja sábio! É fundamental que o protetor solar esteja incluído em sua rotina, todos os dias.
  • Evitar o sol no período das 11h e 16h. Geralmente, o sol está muito forte neste horário. Por isso, evite ao máximo, por uma semana. Ou, até estar completamente curado.
  • Use produtos pós sol e hidratantes. Não aplique hidratante corporal em creme, no momento de primeiros socorros. Faça isso APENAS pós o período emergencial. Uma dica, é deixar seu hidratante corporal na geladeira por alguns minutos, antes de aplicar no corpo. Outra dica bacana, é usar géis pós-sol e águas hidratantes. (Fonte: Blog Ponto da Lira)

verao1

Como prevenir a insolação:

  • Passar protetor solar adequado para o seu tipo de pele pelo menos 15 minutos antes de ficar debaixo do sol. Veja aqui como saber qual o melhor protetor para o seu tipo de pele em Protetor solar: Saiba qual é o melhor para sua pele e como usar
  • Beber muitos líquidos ao longo do dia, especialmente em dias muito quentes;
  • Não ficar debaixo do sol nas horas de maior calor que são entre 12h e as 16 horas, tentando abrigar-se em locais com sombra, frescos e arejados;
  • Se estiver na praia ou se for constantemente à água, deve tentar passar protetor solar de 2 em 2 horas para garantir o seu máximo efeito;
  • Usar chapéus ou bonés para proteger a cabeça e roupas largas e frescas para proteger o corpo contra queimaduras solares. (Fonte: Tua Saúde)

ASSINATURA - BLOG PONTO DA LIRA

 

A importância e os benefícios da meditação

Por Thais Lira 

paz
Quem me enviou essa imagem, foi um grande amigo, chamado Guilherme. Ele disse que se lembra de mim, todas as vezes que a vê por ai. Para ele, a menina apreciando a natureza, de coque, em sua quietude, sou eu. E bem, me identifiquei muitíssimo! Apesar de achar que ainda tenho um longo percurso até me tornar alguém com a paz que essa ilustração transmite.

beneficios-da-meditacao-meditacao-guiada-blog-ponto-da-lira

Hoje, vamos falar sobre meditação. E como sempre, quero começar com a definição do ato. Conforme o dicionário Aurélio, “Meditação” significa:

1. Submeter a exame interior; ponderar. 2. Estudar, considerar, refletir. 3. Concentrar intensamente o espirito em algo; refletir, pensar.

Muitas pessoas de meu convívio, sabem que pratico meditação regularmente há alguns anos. A propósito, falo sobre isso em minhas palestras e workshops. A meditação me auxiliou e me auxilia muitíssimo em meus processos de desenvolvimento pessoal, e foi um grande colaborativo para a cura de uma doença que enfrentei há alguns anos atrás.

Pretendo falar sobre isso, mais adiante.

beneficios-da-meditacao-meditacao-guiada-blog-ponto-da-lira-yoga

Apesar de sempre mencionar isso em eventos, e de até realizar algumas meditações guiadas durante os eventos, a verdade é que amigos, parentes, familiares, acabam descobrindo sobre a prática, sem que haja necessidade de dizer. Acho ótimo. Pois, apesar de enxergar com clareza os benefícios do ato, e de levantar essa bandeira, não vejo necessidade de ficar “gritando aos quatro cantos do mundo”, que medito.

Algumas observações iniciais:

  • Quando digo que medito e que não pertenço a religião alguma, muitas pessoas ficam com cara de “quê?”. Observo que elas têm a dificuldade de aceitar que uma pessoa pode SIM praticar a meditação, mesmo não pertencendo a um grupo religioso. Elas acabam sempre conciliando a prática de meditar, com alguma religião. Então, se você está iniciando a prática, esteja ciente que será constantemente questionado sobre isso.
  • Outra coisa que sempre acontece com quem medita: sempre que as pessoas descobrem isso, elas acabam construindo aquela ideia utópica de que a meditação se restringe a um determinado grupo de pessoas que estão sempre equilibradas, sempre “de bem com a vida”, sempre em paz, sempre sorrindo, abraçando árvores, e pisando na terra. Acontece, que a meditação é para todos; do mais ansioso, ao mais paciente, do mais agitado, ao mais tranquilo, do mais extrovertido ao mais introspectivo, do mais comunicativo, ao mais silencio. Sem dúvidas, a meditação é para todos. Por isso, não se preocupe com as cobranças acerca disso. Faça o que é bom para você. Reprograme-se e viva de acordo com os seus próprios valores.
  • Outra coisa sobre meditar, é que muitas pessoas têm a prática como um ritual. Mas a meditação não é (em minha percepção) necessariamente um ritual. Bem, devo admitir que na iniciação do processo, foi necessário torná-la ritual, para que a partir daí, a compreendesse como parte do meu dia-a-dia. Mas atualmente, compreendo que a meditação pode ser uma prática constante, durantes as 24 horas de nossos dias. Descobri que posso praticar a meditação, executando tarefas variadas do meu cotidiano (por exemplo: enquanto vou ao mercado, enquanto caminho na rua, enquanto organizo minhas roupas, e assim sucessivamente). É importante seguir seu próprio ritmo.
  • É importante ter um momento específico de quietude. Um momento sozinho, sabe? Sozinho com seu ego, com seu superego, com sua mente, com sua alma, com seus pensamentos, com você. Uma horinha silenciosa de seu dia, para posicionar-se de forma confortável, e simplesmente refletir sobre tudo o que se passou ao longo daquele dia. Ou sobre algo em específico. Ou, inverta a ordem. Faça na primeira hora do dia, e reflita sobre tudo que poderá acontecer ao longo daquele dia. Vá adicionando a prática aos demais momentos, conforme os dias passarem.

beneficios-da-meditacao-meditacao-guiada-blog-ponto-da-lira-o-que-e-meditacao-guiada

Particularmente, gosto de amanhecer o dia, com uma meditação guiada.

Meditação guiada é basicamente quando deixamos que um fator externo conduza a nossa meditação. Esse fato ser tanto um áudio, uma música, um vídeo, ou alguém presencialmente nos conduzindo. A meditação guiada, pode ser feita em grupo. Mas ela age sempre de forma individual. Por isso, é super recomendável que você faça sozinho, em um espaço preparado para este momento.

Pausar minhas atividades diárias, para ter um momento especifico para meditar, tem sido algo muito importante em meus processos mais intensos e profundos de auto-conhecimento. Assim como, maior intimidade com o Soberano.

Em meu antigo blog, desenvolvi muitos artigos sobre o período qual tive depressão. E também contei sobre o período em que comecei a praticar a meditação guiada. Até disponibilizei inclusive, muitas meditações guiadas para download. Infelizmente, não possuo mais esse material. Mas, tenho trabalhado minha mente para compartilhar novos conteúdos sobre este assunto.

beneficios-da-meditacao-meditacao-guiada-blog-ponto-da-lira-como-quando-e-onde

Tudo começou, quando recebi meu primeiro livreto “Pão Diário”, qual continha meditações para vários dias do ano.

Desde então, passei a dedicar um momento do meu dia à fim de “examinar-me por dentro”, sem distrações. Focando apenas no meu interior.

No começo, não sabia como meditar. Apenas me sentava na cama, ficava inspirando e expirando, e ficava com a mente vazia. Ficava sem pensar em nada. Apenas isso. E fui percebendo que aquilo não causava efeito algum. Continuava sendo a mesma pessoa; cheia de magoas, cheia de raiva, ansiosa, irritada, e completamente indisposta a viver mudanças. Até que eu descobri que o que eu fazia, na verdade, não era meditar. Eu apenas fugir da realidade; esvaziando minha mente de tudo, inclusive, de coisas boas.

O ato não fazia sentido. Afinal, você precisa pensar, refletir e encontrar as respostas dentro de você. Até que recebi a oportunidade de participar de uma aula de Yoga pela primeira vez, em uma associação qual trabalhei durante um tempo precioso em minha vida. Ali, tive o primeiro contato com o que de fato era o meditar e a meditação guiada. Percebi que tudo se tratava de uma mente plena e presente.

E como isso já estava tornando-se algo recorrente em minha vida, passei a reforçar meus conhecimentos sobre o assunto. Um livro que li e marcou muito essa iniciação em minha vida, foi “Em direção à nova consciência”. Este livro só me agregou. E me fez compreender as diferenças que existem em esvaziar a mente, e AQUIETAR A MENTE a mente, a fim de ouvir a voz do Altíssimo falando em nosso interior.

beneficios-da-meditacao-meditacao-guiada-blog-ponto-da-lira-percepcoes

Acredito -de verdade- que o Supremo Criador, tem a capacidade de nos modificar por completo. E para mim, Ele SEMPRE sera o único que consegue fazer isso com o ser humano. Conectar-me com Deus, é o melhor caminho que tenho para seguir. E eu amo seguir este caminho. Mas, geralmente, enfrento certo tipo de preconceito por algumas pessoas mais religiosas. Elas sempre questionam o fato de ter uma mente aberta, para coisas que – geralmente – pessoas com as mesmas raízes que tenho (raízes do judaísmo), costumam se posicionar contra. Compreendo. Mas, como sempre digo: “eu sei em quem tenho crido”. Vejo-me livre de preconceitos e pré-julgamentos sobre as coisas. E permito minha mente para que ela se abra. Permito que minha consciência expanda, receba o novo, conheça o que não sei, me apresente ao que eu ainda não fui apresentada. Alem do mais, acredito que mesmo havendo uma grande biblioteca para me instruir (a propósito, inspiradora!) chamada “Bíblia”, nada supre a sensação de ter as minhas próprias experiências, e trilhar o meu próprio caminho em busca de Deus.

No hinduísmo, eles acreditam em um deus chamado Shiva, que tem a função de destruir o que existe, para construir algo novo no lugar. Uma crença que partiu do cristianismo, inclusive. Também acredito nesse Deus, e costumo chamá-lo de Espírito de Deus. Para mim, o Espirito de Deus atua fortemente em minha consciência, mostrando-me que todos os dias, que preciso e posso ser reconstruída por Ele. O processo de desconstrução, dói. Mas, a reconstrução sempre será recompensadora. E durante esse processo de desconstrução, aquieto-me e ouço o que o Supremo está tentando me mostrar. E então, permito-me ser reconstruída novamente. Todos os dias.

beneficios-da-meditacao-meditacao-guiada-blog-ponto-da-lira-pra-que-serve-a-meditacao

Benefícios da meditação para sua mente e espirito:

  • Você aprende a pensar e atuar com mais sabedoria e equilíbrio.
  • Aprende a desfrutar de cada instante, da melhor maneira.
  • Começa a se importar muito mais com o presente, do que passado ou futuro.
  • Perde o interesse em julgar as outras pessoas.
  • Não se rende facilmente aos conflitos. E pouco a pouco, torna-se menos interessado em debates, discussões e diálogos vazios.
  • Começa a observar que tempo e palavra, sao duas coisas preciosas, que nao devem ser desperdiçados.
  • Começa a observar o mundo a sua volta, com muito mais atenção e apreciação.
  • Sente contentamento com o que tem se tornado dia após dia. Mas sente-se cada vez mais necessitado de melhorias.
  • Sente-se conectado com as pessoas a sua volta, e com a natureza. Aprende a apreciar e contemplar tanto as pessoas, como a natureza.
  • Fica muito mais propenso às alegrias da vida, do que as tristezas.
  • Recebe melhor, todas as boas coisas da vida.
  • Torna-se verdadeiro. Torna-se quem realmente nasceu pra ser.
  • Você se conecta com Deus.

Com o passar do tempo, aprendi a meditar. Entendi duas coisas fundamentais:

1. A meditação deve ser feita frequentemente, diariamente, 24 horas por dia. Devemos ter um momento de quietude SIM, em nosso dia-a-dia. Mas devemos enxergar a meditação como parte de um processo de mudança e nova filosofia de vida.

2. A meditação não tem prazo para tornar-se funcional. Não precisamos ter pressa de chegar a algum lugar. Tudo acontece aqui, e agora. Tudo começa e termina dentro de mim, e tudo acontece no tempo em que deve acontecer.

Reflito sobre minha vida o tempo inteiro. Não de uma forma egocêntrica, como se apenas o meu próprio eu fosse importante no universo. Nada disso! Medito sobre mim, e penso sim em mim, a fim de ser alguém melhor para mim e para o outro. Medito, para estar aqui, agora, escrevendo para você. Medito para expandir.

E a prática em si, traz benefícios para a minha mente, para o meu espírito, e para meu corpo. Por falar em corpo… Quando comecei a meditar, fui observando pequenas coisas, que faziam toda diferença; por exemplo: aprendi a respirar. E bem, sou instrutora de dança. Isso devia ser uma regra. Mas foi através da meditação, que aprendi a respirar corretamente, de fato. E hoje, tenho a oportunidade de trazer isso às minhas aulas.

Fui conciliando a importância do tempo que estava dedicando a me examinar, me auto-conhecer, e me conectar com o Supremo, com uma boa postura, uma respiração correta, e todos os demais benefícios que ela proporciona para minha saúde. É um processo. E vamos progredindo, pouco a pouco.

Por sinal, você sabe quais os benefícios da pratica da meditação para a nossa saúde?

Benefícios da meditação para a saúde:

  • Reduz a dor.
  • Melhora o sistema imunológico.
  • Alivia a ansiedade, depressão, raiva, e confusão.
  • Aumenta o fluxo sanguíneo e diminui a frequência cardíaca.
  • Incentiva a inteligência e criatividade.
  • Confere uma sensação de calma, paz e equilíbrio.
  • Ajuda a prevenir doenças cardíacas.
  • Facilita o controle mental e emocional.
  • Aumenta a energia.
  • Reduz o estresse.

infografico-beneficios-da-meditacao-meditacao-guiada-blog-ponto-da-lira

Você gostou desse artigo?
Não deixe de enviar seu feedback para pontodalira@gmail.com
E se essa foi sua primeira visita ao blog, seja bem-vindo e volte sempre ao nosso ponto de encontro. Siga-me nas redes sociais, também.
Bisousinhos

Update: inclui um infográfico, para que o artigo (que por sinal, está bem grande) flua de forma mais dinâmica.


assinatura-blog-ponto-da-lira