Pílula Diária: Não se garanta demais!

Pílula Diária: Não se garanta demais!

Fiz um vídeo de 1 minuto no Youtube. Gostaria muito de compartilhar com você. Espero que gostem.

Continue lendo “Pílula Diária: Não se garanta demais!”

Anúncios

10 músicas para enxergar o mundo com outros olhos [PT]

10 músicas para enxergar o mundo com outros olhos [PT]

Por Thaís Lira 

Às vezes, a vida está meio monótona. E o mundo, parece estar meio sem jeito. E é quando tudo está “meio do avesso”, que coloco algumas músicas super especiais para tocar. E de forma sútil e singela, elas são capazes de renovar meu dia e restaurar minhas esperanças. Elas sempre têm a força de renovar muitas coisas dentro de mim. E depois de ouvi-las e cantá-las, consigo enxergar o mundo com outros olhos. É aquela velha -e preciosa- história: tudo começa dentro da gente.

Por este motivo, resolvi compartilhá-las com vocês. Espero de verdade, que vocês gostem dessa lista com 10 músicas para o enxergar o mundo com outros olhos. E espero também, que gostem dos trechos quais selecionei como favoritos, em cada uma delas. Confira:

Continue lendo “10 músicas para enxergar o mundo com outros olhos [PT]”

Desigualdade racial existe SIM!

Já disse aqui no blog, e devo repetir: assuntos importantes, devem ser tratados com devida importância. Assuntos delicados, precisam ser tratados com delicadeza. E existem algumas verdades, que querendo você ou não, precisam ser ditas. E quando isso é feito com sabedoria e maestria, é necessário que seja compartilhado.


assinatura-blog-ponto-da-lira

Desculpe, mas isso não é normal.

Desculpe, mas isso não é normal.

Bonsoir, como vocês estão? Espero que esteja tudo bem por aí.

Antes de começar essa conversa, preciso que assista um vídeo. Peço por favor, que não o assista perto de crianças e adolescentes. Principalmente crianças, tendem a reproduzir comportamentos. Por isso, seja sábio. Se for fazê-lo, peço encarecidamente que, após o vídeo, tenha uma conversa sobre o assunto com essas crianças e esses adolescentes. É importante. Trata-se de uma “brincadeira” me recuso a chamar de brincadeira, o que de fato, não é uma brincadeira mas o assunto é muito mais sério do que parece. Gratidão.

Continue lendo “Desculpe, mas isso não é normal.”

Musica & Letra: Rise – Katy Perry

Musica & Letra: Rise – Katy Perry

Não trato meu pensamento como verdade absoluta. Mas, precisamos reconhecer que, nos últimos anos, tem sido realmente difícil encontrar músicas que nos leve a uma reflexão profunda sobre quem realmente somos, ou sobre quem podemos ser. Não que as músicas tenham esse papel. Sei bem que, cada canção, tem o seu público, seu foco, seu objetivo. Ainda assim, a poesia tem sido rara, e as letras rasas. Então, quando ocorre de uma música tocar nossa alma, o mínimo que podemos fazer sobre isso, é compartilhar com os nossos amigos. Por isso, cá estou, para compartilhar a música mais linda que poderia ter escutado no dia de hoje. Espero que gostem.

Acompanhe com a letra original:

I won’t just survive / Oh, you will see me thrive / Can’t write my story / I’m beyond the archetype / I won’t just conform / No matter how you shake my core / Cause my roots, they run deep, oh / Oh, ye of so little faith / Don’t doubt it, don’t doubt it / Victory is in my veins / I know it, I know it / And I will not negotiate / I’ll fight it, I’ll fight it / I will transform / When, when the fire’s at my feet again / And the vultures all start circling / They’re whispering: You’re out of time / But still, I rise / This is no mistake, no accident / When you think the final nail is in, think again / Don’t be surprised, I will still rise / I must stay conscious / Through the madness and chaos / So I call on my angels / They say / Oh ye of so little faith / Don’t doubt it, don’t doubt it / Victory is in your veins / You know it, you know it / And you will not negotiate / Just fight it, just fight it / And be transformed / Cause when, when the fire’s at my feet again / And the vultures all start circling / They’re whispering: You’re out of time / But still, I rise / This is no mistake, no accident / When you think the final nail is in, think again / Don’t be surprised, I will still rise / Don’t doubt it, don’t doubt / Oh oh, oh oh / You know it, you know it / Still rise / Just fight it, just fight it / Don’t be surprised, I will still rise.

1473247066-all-stars-su-katy-perry-rise-0-02-22-106
Fonte: Divulgação

Tradução: 

Eu não vou apenas sobreviver / Oh, você vai me ver prosperar / Você não pode escrever a minha história / Estou além do arquétipo / Eu não vou apenas me conformar / Não importa o quanto você me desestabiliza / Porque as minhas raízes são profundas, oh / Oh, você aí, de tão pouca fé / Não duvide, não duvide / A vitória está em minhas veias / Eu sei, eu sei / E não, eu não vou negociar / Eu vou lutar, eu vou lutar contra isso / Vou me transformar / Quando, quando o fogo estiver novamente em meus pés / E os urubus ficarem rodeando / Eles estarão sussurrando: Seu tempo acabou / Mas ainda assim eu me erguerei / Isso não é um erro, nem um acidente / Quando você achar que suas garras me pegaram, pense melhor / Não se surpreenda, eu ainda me erguerei / Devo ficar consciente / Através da loucura e do caos / Então eu chamo meus anjos / Eles dizem / Oh, você aí, de tão pouca fé / Não duvide, não duvide / A vitória está em suas veias / Você sabe, você sabe / E você não vai negociar / Vá lá e lute, lute contra isso / E se transforme / Porque quando, quando o fogo está em meus pés de novo / E os urubus ficarem rodeando / Eles estarão sussurrando: Seu tempo acabou / Mas ainda assim eu me erguerei / Isso não é um erro, nem um acidente / Quando você achar que suas garras me pegaram, pense melhor / Não se surpreenda, eu ainda me erguerei / Não duvide, não duvide / Oh, oh / Você sabe, você sabe disso / Ainda me erguerei / Vá lá e lute, lute contra isso / Não se surpreenda, eu ainda me erguerei.

katy-perry_rise_tenterhookchronicles_6
Fonte: Divulgação

 


Minhas sensações:

Uma das canções mais bonitas que Katy Perry já compôs, e interpretou. O clipe transmite a mensagem exata da poesia. É envolvente, é carregado de sentimento, é forte. Encoraja, fortalece, empodera. Nos faz crer que o fim não é necessariamente o fim. E que podemos ser muito mais! Uma música que -sem dúvidas- dedico às pessoas (especialmente mulheres) que em algum momento de suas vidas, têm se sentido enfraquecidas. E que tenham dentro de si, a terrível sensação de que estão sobre as próprias cinzas. Para você, o que desejo é: Força de um novilho e autoridade de um leão. Desejo a você, o despertar de seu próprio sono. Desejo que você erga-se de suas próprias cinzas.

katy-perry-rise-video-2016-billboard-still-1548-a
Fonte: Divulgação

Beijo e queijo.

assinatura-blog-ponto-da-lira

Meu primeiro vídeo no Youtube – Mania de Procrastinação

Meu primeiro vídeo no Youtube – Mania de Procrastinação

Para ser honesta, nem sei por onde começar. Há muitas coisas a serem dita, sobre a decisão que tomei, em ter publicado e divulgado meu primeiro vídeo no Youtube. Não sinto apenas a sensação de dever cumprido, ou sensação de ter enfrentado os monstros quais eu mesma criei sobre mim. Sinto sensação de plenitude, por saber que, mesmo sendo uma longa e árdua trajetória, ela está apenas começando. E valerá a pena! No vídeo abaixo, contei um pouco sobre a mania que tenho. Ou melhor, a mania que TINHA de procrastinar muitas coisas que eu queria, e devia fazer. Queria te convidar a assistir e vídeo abaixo. E se possível, leia a descrição do vídeo. E caso você se identifique, retorne aqui no blog, e leia a segunda parte desse artigo, que postarei abaixo (como complemento).

Como vocês puderam observar, neste vídeo, enfrentei todos os problemas que iniciantes costumam enfrentar; não consegui enquadrar a imagem, a nitidez foi perdida em vários momentos, não olhei fixamente para a câmera, dei inúmeras tossidelas, repeti muitas palavras… Mas, muito mais do que isso, enfrentei os meus maiores inimigos; medo, timidez, preguiça, apatia, zona de conforto, e a grande vilã: Procrastinação. enfrentei tudo isso, e realizei o que há tanto tempo, pulsava dentro de mim.

A ideia de criar um canal no Youtube, nunca havia passado por minha cabeça, até o ano de 2012. Em 2012, dei uma palestra em São Paulo, para o público jovem. E no fim da palestra, um dos participantes olhou para mim e disse: “Você devia criar um canal no Youtube. Você tem muitas coisas para transmitir às pessoas”. Naquele momento, sorri e agradeci pela ideia. Prometi que ia pensar. O tempo passou. Passou de verdade. Amigos, alunos, e até minha família, me incentivava a começar o canal.

Mas havia algo dentro de mim, que me travava: O medo.
O medo me fez pensar que não podia fazer isso. O medo me fez pensar que estaria me arriscando demais ao fazer isso. O medo me fez acreditar que estaria me expondo demasiadamente, e isso seria negativo para mim. O medo me fez pensar que eu não teria tempo suficiente para me dedicar a um canal no Youtube. O medo me fez pensar que eu não era suficiente. O medo me fez ter medo de ser julgada. O medo me travou, me paralisou, me atrasou, me bloqueou. Mas, a minha consciência me trouxe até aqui. Me conscientizei, e me vesti de coragem. E confesso: Foi libertador.

Como disse no início desse artigo, tenho muitas coisas a dizer. Sei que teremos tempo.
De antemão, quero que saibam que vocês fazem parte dessa realização. E quero muito que prossigam fazendo parte desse processo. Há muitos desafios pela frente, quais precisarei da força, da coragem, da criatividade, dos afetos, dos desabafos, das histórias, das sugestões, das recomendações, das indicações, das participações, e principalmente: do coraçãozinho de cada um de vocês. Gratidão, de verdade.

Um beijo e um queijo! ❤


assinatura-blog-ponto-da-lira

Vídeo do dia: Não desista! – Hateen

A Banda Hateen faz parte de minha adolescência. Eles têm músicas que sempre falaram diretamente ao meu coração. Estava relembrando algumas canções hoje, e resolvi compartilhar esse curta-metragem que foi produzido com a música “Não desista”. Espero que toque o seu coração, assim como tocou o meu.

 

Musicalidade: Você sabe o quê é um Hang Drum?

davide-swarupNão me canso de falar sobre o quanto amo música, e o quanto ela faz parte dos meus dias. Na dança, principalmente, uso música o tempo inteiro. E isso faz com que eu busque cada vez mais novidades e alternativas de musicais para incluir em minhas aulas. Minha modalidade predileta, é a dança contemporânea e a dança experimental. Exatamente por isso, tenho um fascínio por percussão e instrumentos de sopro. E há algum tempo, conheci um instrumento musical, que tem feito parte da grande maioria de minhas trilhas sonoras, tanto para as aulas, quanto para meditar, dormir, viver (risos). E de tanto que tenho gostado disso, resolvi compartilhar com vocês, pois acredito que possam gostar tanto quanto eu.

maxresdefault

A estrela desse artigo, chama-se “Hang Drum” (popularmente conhecido como “Disco voador”). Trata-se de um instrumento criado no ano 2000 (pouco tempo, né?!) por um casal de Berna, na Suiça; ele se chama Felix Rohner e ela se chama Sabrina Schaer. Inclusive, os modelos mais conhecidos e originais, vêm de lá! Mais precisamente, da PANart. Entretanto, por mais “simples” que pareça o instrumento, é considerado um tesouro. Ele é muito procurado por músicos de todo o mundo, e tem valores altíssimos. Existe até uma fila de espera na PANart para adquirir esse produto. Mas, há também as réplicas, que costumam ter a mesma qualidade dos originais; “Hand Pan” (americano), “Caisa” (alemão), “Disco Armonico” (Italiano) e “SPB” (russo). Ainda não temos muitos Hang Drum’s no Brasil. Uma pena.

O instrumento emite sons variados, que podem ser utilizados em diversos estilos musicais. O instrumento é muito utlizado por praticantes de Yoga, e praticantes de meditação, por ter sons que nos levam à uma conexão com a natureza e o universo (no meu caso, com Deus, também!). O som do Hang Drum, traz uma paz incrivel. Eu adoraria saber tocá-lo, ou conhecer alguém que saiba.

Até onde eu pesquisei, existem poucos músicos instrumentistas que têm o Hang Drum (creio que seja por conta da difiuldade de encontrá-lo). Há alguns nomes quais você devia conhecer: Caíto Marcondes, Gustavo Di Dalva, Philipe Agnelli, Marco Lobo, dentre outros. Dos brasileiros que usam o instrumento, o meu favorito (até o momento) é este:

O Guga fez uma mistura de música experimental com eletrônica, que deu um ar ainda mais alternativo. Pra mim, o Guga tem sido um dos “Hang Player’s” queridinhos aqui no Brasil. Ele manda bem!

Porém, o que realmente tem me impressionado, são alguns estrangeiros. Há alguns que me deixam ser ar. São os meus favoritos. E quero compartilhar com vocês. Espero que gostem!

O vídeo acima, foi a 1ª vez que vi alguém tocá-lo. Eu lembro que fiquei emocionada. Esse é meu vídeo favorito, pelo valor sentimental. E a Yuki é uma das melhores “Hang Player’s” do mundo, sem dúvidas.

Já o Daniel, conheci depois da Yuki. Mas, no momento, tem sido o que mais tenho escutado. Ele grava vídeos com aspectos bem profissionais (como o vídeo acima), mas a maioria de seus vídeos, são registros de apresentações em ruas e locais públicos ao redor do mundo. Isso que eu chamo de arte de rua!

Por último (não menos favorito), o grande David. Que além de arrebentar no Hang, toca vários outros instrumentos e tem um trabalho fantástico no Youtube. Vale a pena conferir!

E aí? O quê você achou desse tal “Disco voador”? Sensacional, não é mesmo?!

Ah! Antes que eu me esqueça… Ainda não há diversas opções de fabricantes no Brasil. Mas farei um “jabazinho” gratuito, pra uma galera que merece!, Essa galera do Sul do Brasil, que já está desenvolvendo o produto para a nossa alegria. O valor do produto, está girando em torno de R$ 3.250,00. Fale diretamente com os caras, na fanpage “Pampeano Disco Sonoro”: https://www.facebook.com/pampeanohandpan

Espero que tenham gostado. Fico feliz em compartilhar coisas que tocam minha alma, com vocês.

Bisousinhos ❤


anuncie-728X904
Quer anunciar? Envie sua proposta para pontoda@gmail.com